Tabela do IR está defasada em 88,4%, diz Sindifisco

em .

Sem reajuste nos últimos dois anos, a tabela do IR (Imposto de Renda) da Pessoa Física acumula defasagem de 88,4% desde 1996. Os dados são do Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal).
A última correção foi em abril de 2015. Com isso, há mais de dois anos a faixa de isenção está congelada em rendimentos de até R$ 1.903,98. Segundo o Sindifisco, a inflação de 1996 até hoje é de 294,93%, enquanto a tabela do IR foi corrigida em 109,63% no mesmo período.
Mesmo com a defasagem que cresce ano após ano, o orçamento da União de 2018, já aprovado no Congresso Nacional, não prevê a correção da tabela do IR, informa a Secretaria da Receita Federal.
A tabela congelada há quase três anos achata o salário, pois a cada reajuste salarial mais trabalhadores passam a ter o IR descontado na fonte. Se a defasagem de 88,4% fosse totalmente corrigida, a faixa de isenção seria de R$ 3.556,56.
 
 

Fale Conosco

  • Sede Santo André
    Rua Gertrudes de Lima, 202 - Centro - Santo André
    Telefone: (11) 4993-8999 - Veja o Mapa

  • Sede Mauá
    Avenida Capitão João, 360 - Matriz - Mauá
    Telefone: (11) 4555-5500 - Veja o Mapa