Metalúrgicos da Alemanha conquistam jornada de 28 horas

em .

Os metalúrgicos da Alemanha, liderados pelo poderoso sindicato IG Metall, conquistaram a jornada de trabalho de 28 horas semanais e reajuste salarial de 4,3%. O acordo é válido por dois anos e foi obtido em negociação árdua que começou em outubro de 2017 e após uma sucessão de paralisações de 24 horas.
Pelo acordo, o próprio trabalhador pode optar pela jornada reduzida de 28 horas de forma a conciliar o trabalho com suas necessidades pessoais, como ficar mais tempo com os filhos ou cuidar de familiares doentes ou idosos. A jornada normal na Alemanha é de 35 horas semanais. Assim, no período em que o trabalhador estiver em regime de jornada reduzida, o salário será reduzido também. Por outro lado, o trabalhador pode optar por cumprir jornada semanal de até 40 horas, recebendo mais por isso.
O acordo beneficia cerca de 1 milhão de trabalhadores e prevê ainda reajuste salarial de 4,3% a partir de abril e o pagamento de bônus, que podem ser trocados por folgas extras.
A Alemanha é um dos países desenvolvidos menos afetados pela crise mundial. E, em parte, o achatamento salarial foi uma das alavancas da economia local em tempos difíceis. Assim, o acordo obtido pelo IG Metall pode significar uma mudança de paradigma, abrindo a possibilidade de os reajustes salariais serem estendidos para outros setores. 
 

Fale Conosco

  • Sede Santo André
    Rua Gertrudes de Lima, 202 - Centro - Santo André
    Telefone: (11) 4993-8999 - Veja o Mapa

  • Sede Mauá
    Avenida Capitão João, 360 - Matriz - Mauá
    Telefone: (11) 4555-5500 - Veja o Mapa