Governo reduz para R$ 1.031 salário mínimo para 2020

em .

O governo Jair Bolsonaro reviu para baixo o salário mínimo a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2020. Agora, o mínimo foi previsto em R$ 1.031,00 ante R$ 1.039,00 estimados em agosto. Com isso, serão R$ 8,00 a menos no bolso de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) que recebem o piso.
A justificativa do governo é que o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), inflação usada para reajustar o salário mínimo, deve fechar o ano em torno de 3,26%, enquanto a estimativa anterior era de 4,02%. Vale destacar que o mínimo de R$ 1.031,00 é uma previsão. Por isso, até sair o valor final ainda pode variar um pouco.
Até este ano, o salário mínimo era reajustado pelo INPC do ano anterior mais variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes a título de aumento real. Se depender do governo federal, a tendência é de que o salário mínimo passe a ser reajustado anualmente apenas pelo INPC, sem aumento real.
Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), de 2004 a 2019, o salário mínimo acumula aumento real, ou seja, acima da inflação, de 74,33%.
 

Fale Conosco

  • Sede Santo André
    Rua Gertrudes de Lima, 202 - Centro - Santo André
    Telefone: (11) 4993-8999 - Veja o Mapa

  • Sede Mauá
    Avenida Capitão João, 360 - Matriz - Mauá
    Telefone: (11) 4555-5500 - Veja o Mapa