Campanha Salarial 2019: mobilizar nas fábricas para quebrar intransigência dos patrões

em .

O Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá está realizando, desde segunda-feira, dia 21, assembleias de mobilização nas fábricas para mostrar aos patrões que estamos unidos na luta pelos nossos direitos e pelas nossas reivindicações. Até agora, a uma semana da data-base da categoria, apenas o Sindipeças está negociando. Em total descaso com os trabalhadores, os demais grupos patronais sequer marcaram reuniões.

Na segunda-feira, teve duas assembleias na Federal Mogul. A primeira com os trabalhadores do primeiro turno e a segunda com os companheiros do segundo turno. Nesta terça, a assembleia reuniu os trabalhadores do primeiro e segundo turno da Maxion, com a presença de Cícero Martinha, presidente do Sindicato.

“O que os patrões querem é acabar com a convenção coletiva”

Em seu discurso, Cícero Martinha falou das mudanças que vêm ocorrendo nos últimos anos com as reformas dos governos Temer e Bolsonaro e o bombardeio do governo federal e do STF (Supremo tribunal Federal) para enfraquecer a organização dos trabalhadores. E destacou que, como a reforma trabalhista instituiu o negociado prevalecendo sobre o legislado, os patrões não querem discutir a renovação da convenção coletiva do trabalho.

“Agora, os patrões só ficam falando de reajuste de 1%, 2% e esquecem da convenção coletiva, porque nenhum trabalhador no Brasil, além dos metalúrgicos, tem uma convenção tão boa como a nossa, com mais de 100 itens. O que eles querem é acabar com a convenção coletiva, acabar com todos os direitos conquistados com muito suor, se não mostrarmos na mesa de negociações que temos o respaldo de vocês, os trabalhadores”, afirmou.

Fortalecer as negociações com o Sindicato e os trabalhadores unidos

Por isso, nas assembleias, o Sindicato vem destacando a importância da sindicalização, além de colher a assinatura dos trabalhadores para fortalecer as negociações. Porque os patrões só respeitam quando reconhecem que os trabalhadores estão mobilizados em torno do Sindicato pelo objetivo comum, que é a defesa dos direitos trabalhistas e contra a precarização das relações no trabalho.

Já estão agendadas mais sete assembleias. A participação de todos os trabalhadores e trabalhadoras é muito importante!

Juntos somos mais fortes!

Não fique só. Fique sócio!

Cícero Firmino (Martinha)
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá

Adilson Torres (Sapão)
Vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá

Fale Conosco

  • Sede Santo André
    Rua Gertrudes de Lima, 202 - Centro - Santo André
    Telefone: (11) 4993-8999 - Veja o Mapa

  • Sede Mauá
    Avenida Capitão João, 360 - Matriz - Mauá
    Telefone: (11) 4555-5500 - Veja o Mapa